PRESS RELEASE
Transformar sentimentos em obras de arte e estimular a produção audiovisual em tempos de isolamento social. Esse foi o mote escolhido por Mateus Rocha, criador e produtor do Quarentena Online Film Festival e Lara Sampaio, cocriadora e produtora do QOFF! Totalmente virtual, exibido no YouTube de forma aberta, o formato diferenciado põe em prática a proposta de incentivar a produção de filmes durante a quarentena e em casa. 
O projeto foi executado de forma colaborativa. Os participantes puderam, desde o início, interagir e tirar dúvidas por meio de uma comunidade no WhatsApp, que também exerceu o papel de distribuidora de conteúdo. “O propósito primordial do QOFF é dar visibilidade a essas pessoas e sem restrição para formatos e tempo de duração dos filmes”, diz Mateus Rocha. “Demos prioridade à liberdade de criar e o externar das angústias deste tempo estranho que estamos vivendo.”.
O QOFF abriu espaço para novos formatos de produção que normalmente não são contemplados em festivais mais tradicionais, como vlogs e IGTVs. Além de não haver restrição de tema, formato ou duração! A única regra foi "Não saia de casa!"! Foram inscritas 47 obras, a maior parte de São Paulo, seguido por Rio de Janeiro. Mas há, também, inscritos de diversas partes do mundo - Colômbia, Espanha, Portugal, Inglaterra, Irlanda e Alemanha. Os participantes têm entre 18 e 56 anos, e atuam em diversas profissões na área de Cinema e Audiovisual. O destaque vai para as produções realizadas por mulheres que somam 80%. “Fizemos uma campanha nas redes sociais direcionada ao público feminino depois que notamos que, durante o processo de inscrições, havia um número muito maior de homens participando”, diz Lara Sampaio. “Reverter esse cenário é mais um ponto transformador para o nosso mercado.”.
O Festival teve sua votação encerrada no dia 27 de maio e a sua premiação no dia 30 de maio por uma live stream no canal do YouTube Quarentena Film Festival https://www.youtube.com/channel/UCG6MFJyI8dsZsARMY_irvLw . Todos os 86 participantes da comunidade Quarentena fazem parte da banca avaliadora. Cada um deles poderá votar em até cinco filmes por categoria, que somam 17. Desde as mais tradicionais como Fotografia e Roteiro, até as inusitadas como Rio de Lágrimas, para os filmes emocionantes, Prêmio Cardio, para as obras que aceleraram as batidas do coração, e Prêmio StayAtHome, para aquelas narrativas específicas para o tema da quarentena. O público pôde votar na categoria Júri Popular por meio de um formulário de votação disponibilizado na bio da página do Instagram.

You may also like

Back to Top